Artigo publicado na Páginas a&b

Está disponível no site da revista Páginas a&b: Arquivos & Bibliotecas, de Portugal, o texto referente ao trabalho apresentado no ConfOA 2020 pelo grupo que atua no projeto de pesquisa em Proveniência (GEPIM/FURG).

Clique na imagem para acessar o artigo.

Ex-libris: olhares nas bibliotecas

Dia 19 de março, sexta-feira, às 19 horas, acontecerá a live de lançamento da exposição Ex-libris: olhares nas bibliotecas, com a curadoria de Alissa Esperon Vian (pesquisadora do Projeto Proveniência/GEPIM/FURG), Júccia Nathielle (autora do perfil @vidadebibliotecario) e Mary Komatsu (autora do canal Caçadora de Ex-libris).

A exposição reflete a temática dos ex-libris e bibliotecas, em alusão ao Dia do Bibliotecário, comemorado no dia 12 de março.

A live será transmitida no Canal do Youtube da Caçadora de Ex-libris.

E-book sobre ex-libris deverá ser publicado em 2021

Com muita satisfação, anunciamos que o e-book intitulado Marcas de proveniência bibliográficas: um estudo sobre os Ex-libris, está sendo preparado para publicação pela Editora da FURG. A obra deverá ser disponibilizada on-line, em acesso aberto, no início de 2021.

Este livro tem suas origens em uma pesquisa realizada durante o ano de 2019, no âmbito do Grupo de Estudos e Pesquisas em Informação e Memória (GEPIM), no curso de Bacharelado em Biblioteconomia da Universidade Federal do Rio Grande (FURG). Na época, as autoras eram aluna e professora. Agora, parceiras de pesquisa e colegas de profissão. O estudo empreendido teve como universo de pesquisa um tipo específico de marca de proveniência bibliográfica: o ex-libris.

Esperamos que esta publicação possa contribuir com os estudos da área, colaborando para ampliar o leque de possibilidades de investigação sobre marcas de proveniência bibliográficas no âmbito da Biblioteconomia brasileira.

CERL Online Provenance Resources

Com muita alegria informamos que o nosso Projeto de Pesquisa em Proveniência passou a compor a lista Online Provenance Resources, do Consourtium of European Research Libraries – CERL (Consórcio de Bibliotecas Europeias de Investigação). Trata-se do primeiro projeto brasileiro sobre o tema a integrar a lista de recursos.

O CERL é um consórcio de bibliotecas de pesquisa, localizadas, em sua maioria, na Europa, que busca facilitar o acesso à informação para pesquisadores da história do livro, disponibilizando recursos on-line, incluindo a base de dados Heritage of the Printed Book – HPB (Patrimônio do Livro Impresso), o CERL Thesaurus, o Material Evidence in Incunabula e a página Provenance Information (Informação de Proveniência).

Ficamos imensamente gratos pelo reconhecimento do nosso trabalho!

Participação nos Encontros On-line Acervos Especiais/UFMG

Dia 11 de novembro estaremos participando dos Encontros On-line Acervos Especiais, promovidos pela Divisão de Coleções Especiais e Obras Raras do Sistema de Bibliotecas da UFMG.

Tema: Repositórios Digitais e Coleções Especiais

Palestrantes:

– Júlia Rocha – Sistema de Bibliotecas da Universidade Federal de Minas Gerais

– Marcia Rodrigues – Instituto de Ciências Humanas e da Informação da Universidade Federal do Rio Grande

Link para inscrição: https://forms.gle/YdtcRD96tSTesRRB6

Mais informações sobre os encontros podem ser obtidas em https://cerrado.bu.ufmg.br/bu/index.php/noticiais/1496-comecam-nesta-quarta-feira-os-encontros-on-line-dos-acervos-especiais-deste-mes-de-novembro

Apresentação no SBSI 2020

Dia 04/11, às 15h20min, estaremos apresentando o trabalho intitulado Desenvolvimento de um Sistema de Armazenamento e Reconhecimento de Marcas de Procedência em Livros Raros, na Sala São Bernardo, Sessão I do Workshop de Iniciação Científica em SI (WICSI).

O evento integra a programação do XVI Simpósio Brasileiro de Sistemas de Informação – SBSI 2020.

A programação completa pode ser acessada em http://sbsi2020.ufabc.edu.br/index.html#intro

Apresentação no ConfOA 2020

Dia 06/10, a partir das 14h30 (horário de Portugal = 10h30 horário de Brasília), estaremos apresentando o trabalho intitulado Desenvolvimento de um Sistema de Armazenamento e Reconhecimento de Marcas de Proveniência em Acervos Bibliográficos, na sessão Pecha Kucha II.

Segue link da programação completa do ConfOA 2020: https://confoa.rcaap.pt/2020/programa

Live Primavera de Ex-Libris

Está disponível no canal do Youtube da Caçadora de Ex-Libris a Live SISTEMA DE ARMAZENAMENTO E RECONHECIMENTO DE MARCAS DE PROVENIÊNCIA EM ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS:

Apresentação do Projeto de Pesquisa em Proveniência e das ações do GEPIM/FURG

No dia 17 de setembro, quinta-feira, a partir das 18 h, estaremos participando de uma live com a Caçadora de Ex-Libris.

Apresentaremos o projeto “SISTEMA DE ARMAZENAMENTO E RECONHECIMENTO DE MARCAS DE PROVENIÊNCIA EM ACERVOS BIBLIOGRÁFICOS”. Apresentadores: Marcia Rodrigues, Alissa Vian e Eduardo Borges.

Vai perder? Anote na agenda!⠀

Acesse o canal do Youtube da Caçadora de Ex-Libris, em: https://www.youtube.com/watch?v=IKcDSQ7GaMc

Sobre proveniência bibliográfica

A proveniência dos acervos bibliográficos é, muitas vezes, negligenciada e, frequentemente, ignorada pelas bibliotecas. Excetuando-se algumas bibliotecas que dispõem de acervos antigos e/ou raros, em geral, esse tipo de informação não é anotado em nenhuma área do registro. No entanto, conhecer a origem dos materiais que compõem os seus acervos pode impactar significativamente o valor cultural, intelectual e histórico de uma determinada obra e/ou coleção.

No campo das Artes, a qualidade da proveniência de uma obra de arte pode fazer uma diferença considerável no seu valor artístico e cultural. Essa qualidade é julgada pelo grau de certeza da origem, pelo status do antigo proprietário enquanto colecionador e pela força das evidências comprobatórias de que tal objeto não é fruto de exploração ilegal . (PROVENANCE, 2020).

A partir do seu desenvolvimento no campo das Artes, a proveniência e a pesquisa de proveniência passaram a ser utilizadas em outros campos do saber, como a Arqueologia, a Arquivologia, a Ciência da Computação e a Biblioteconomia, entre outros, com sentidos semelhantes.

Na Biblioteconomia, os estudos relativos a proveniência, ou procedência, estão relacionados, em geral, à propriedade de exemplares individuais de livros. Da mesma forma, esse tipo de pesquisa está, em geral, associado a um tipo particular de material bibliográfico: o livro raro e/ou antigo.

De maneira simplificada, podemos dizer que a proveniência de uma obra pode ser entendida, portanto, como a história de sua posse e uso, em geral associada a pessoas físicas (colecionadores, proprietários particulares) ou jurídicas (bibliotecas e instituições). 

Referências:

BERMAN, A. Why it matters who owns Arts? In: THE IRIS: behind the scenes at the Getty. Arts & Archive. 2020.

MIRANDA, T. C. P. R. Decifra-me ou devoro-te! O universo das proveniências e suas leituras. In: MARCAS DE PROVENIÊNCIA BIBLIOGRÁFICAS: LOCALIZAR, CLASSIFICAR E DESCREVER, Mafra, 2016. [S.l. : s.n.], 2017. 1 vídeo (39 min.). Publicado pelo canal CIDEHUS.

PROVENANCE. In: WIKIPEDIA: the free encyclopedia. 2020.